Arquivo do mês: janeiro 2007

Esgrima: Sabre

[NDA: eu pessoalmente acho sabre um saco. Não se entende nada, é rápido demais, raramente se sabe quem fez o toque e quase não tem confronto. Mas faz parte. E esse é engraçado pelo material hightech: máscaras transparentes e que tem sinalizadores coloridos…]

Anúncios

Esgrima: Florete

[Campeonato Mudial de Torino]

Esgrima: Espada

[Campeonato Mundial de Torino]

Museu da Língua Portuguesa

Ontem, após almoçar no mercadão municipal, fui visitar o Museu da Língua Portuguesa na Estação da Luz em São Paulo. Muito bom! E muito barato: 4 reais o ingresso inteiro, 2 reais a meia, gratuito aos sábados e pra professores da rede pública.

O museu tem 3 andares. No primeiro, são organizadas exposições temporárias. Atualmente tem uma sobre o “Grande Sertão Veredas”, de Guimarães Rosa.

No segundo andar, existem três seções. Uma parte é dedicada à história do português. Outra parte mostra a forma de falar em diversas regiões do Brasil, através de filmes projetados numa imensa galeria. A terceira parte se chama o beco das palavras: os visitantes podem, com as mão, agrupar e compor palavras projetadas sobre um painel digital. As palavras compostas são então explicadas através de vídeos e imagens projetadas na mesa.

No terceiro andar, são feitas apresentações multimídias com vídeos e leituras de poemas. Dura 30 minutos. Muito bem feito e gostoso de assistir.

É bom ver que este trecho do centro (Estação da Luz, Pinacoteca e Parque da Luz) está muito bem conservada e agradável de se visitar. Quem sabe um dia o centro inteiro de Sampa não fique assim…

Placa de advertência

Placa de advertência

Humor de controle aéreo

Em tempos de crise aérea, é bom ver que o pessoal ainda tem senso de humor. As frase a seguir foram retiradas do site MoronLand. Não sei se são verdadeiras, as são ótimas.

____________________________

From an unknown aircraft waiting in a very long takeoff line: “I’m f…ing bored!”
Ground Traffic Control: “Last aircraft transmitting, identify yourself immediately!”
Unknown aircraft: “I said I was f…ing bored, not f…ing stupid!”

____________________________

Tower: “TWA 2341, for noise abatement turn right 45 degrees.”
TWA 2341: “Center, we are at 35,000 feet. How much noise can we make up here?”
Tower: “Sir, have you ever heard the noise a 747 makes when it hits a 727?”

[NDA: Essa se for verdadeira, é arriscada..]

_____________________________

Tower: “Eastern 702, cleared for takeoff, contact Departure on frequency 124.7”
Eastern 702: “Tower, Eastern 702 switching to Departure. By the way, after we lifted off we saw some kind of dead animal on the far end of the runway.”
Tower: “Continental 635, cleared for takeoff behind Eastern 702, contact Departure on frequency 124.7. Did you copy that report from Eastern 702?”
Continental 635: “Continental 635, cleared for takeoff, roger; and yes, we copied Eastern… we’ve already notified our caterers.”

[NDA: imagina o menu da classe economica :-)]

_______________________________

The German air controllers at Frankfurt Airport are renowned as a short-tempered lot. They not only expect one to know one’s gate parking location, but how to get there without any assistance from them. So it was with some amusement that we (a Pan Am 747) listened to the following exchange between Frankfurt ground control and a British Airways 747, call sign: Speedbird 206.
Speedbird 206: ” Frankfurt , Speedbird 206! Clear of active runway.”
Ground: “Speedbird 206. Taxi to gate Alpha One-Seven.”
The BA 747 pulled onto the main taxiway and slowed to a stop.
Ground: “Speedbird, do you not know where you are going?”
Speedbird 206: “Stand by, Ground, I’m looking up our gate location now.”
Ground (with quite arrogant impatience): “Speedbird 206, have you not been to Frankfurt before?”
Speedbird 206 (coolly): “Yes, twice in 1944, but it was dark, — And I didn’t land.”

[NDA: Humor negro….]

Depois do fim

O que acontece quando o espaço infinito do GMail termina ?

Depois do fim

[Colaboração de capitanio]