Arquivo do mês: abril 2008

Carinho

Carinho, upload feito originalmente por Miguel Galves.

Não fui eu quem tirou a foto. Sou eu que estou na foto, junto com minha namorada. E achei esta foto tão linda que decidi colocar no meu flickr. Parabens Pupim!

Ringue de Patinação

Ringue de Patinação, upload feito originalmente por Miguel Galves.

Tradução errada

Do XKCD

http://imgs.xkcd.com/comics/mistranslations.png

Querendo impressionar…

De http://img90.imageshack.us/img90/1190/image5da6.gif

Fotos dos Estados Unidos no início do século

A Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos criou uma conta no Flickr e disponibilizou fotos do início do século 20. Eu vi algumas (são pouco mais de 1600), e achei algumas bem interessantes.

Tour virtual do cockpit do A380

Acabei de receber o link de um flash com um tour virtual do cockpit do gigante A380 da Airbus. Muito bem feito.

Avesso do avesso do avesso

O cotidiano tem um poder incrível de criar situações que conseguem ser mais caricaturais do que a própria caricatura. Mas, pensando bem, a caricatura vem do cotidiano…..anyway.

No sábado de manhã fui fazer exame médico para renovação de CNH. Exame médico é bondade…male male é um exame de vista. Chegamos no local, que apesar de provavelmente ser uma clínica particular, tinha toda a pinta de repartição pública. Meio deprê. Preenchemos a ficha, e a moça da recepção pediu para aguardarmos o médico chamar.

Sentamos.

A porta da sala do médico se abriu. Lá dentro vimos um senhor, com uma pinta de caquético: o médico. Fico imaginando que tipo de médico termina sua carreira fazendo exame de CNH. Me parece ser tão deprimente quanto o próprio local. Ele logo chamou o próximo paciente, gritando o nome. Como o dito cujo não apareceu em 10s, ele gritou de novo.

Eu e minha namorada seríamos os últimos a fazer o exame. Já eram meio dia e pouco, e o doutor estava obviamente com vontade de ir pra casa. Quando o ajudante local foi levar nossas fichas para a sala, eu pude ouvir um “Já disse que chega…”. Alto.

Fiz o exame. Acuidade visual 1.0. Apto. Minha namorada falou que seria muito mais simples que qualquer oftalmologista pudesse emitir um laudo. Verdade. Eu até consigo imaginar o motivo nobre da lei forçar a fazer em uma clínica “especializada”: isso evitaria uma máfia de médicos vendendo falsos atestados. Mas a realidade não é bem assim: hoje temos a burocracia E a máfia. Saimos perdendo.

Quando eu achei que o quadro caricatural estava completa, veio o grand finale, a cereja do bolo: a mocinha da recepção no deu um papel com um número de telefone. “Casos vocês precisem de despachante, tem uma amiga minha que pode ajudar. Inclusive se quiserem renovar a CNH sem fazer o cursinho de primeiros socorros, é 230 reais…”