Arquivo do mês: maio 2008

Um mês depois

Pouco mais de um mês depois de ter decidido parar de usar o carro para ir para o trabalho (e portanto pouco mais de um mês pegando ônibus duas vezes por dia praticamente todo dia), venho a publico afirmar: a decisão não poderia ter sido mais acertada!!!

Há um mês eu não tenho que enfrentar o trânsito sem fim, perdendo a paciência com todos os espertinhos que querem se dar melhor e só fazem piorar a situação global (algum dia ainda perco um tempinho esquematizando todas as pérolas causadas no trânsito por motoristas paulistanos). Há um mês eu ouço músicas e leio pelo menos duas vezes por dia, durante meia hora. Aliás, devo dizer que fazia tempo que não lia de forma tão regular. Sou muito de fases em termos de leitura, e atualmente estou na minha fase de baixa.

Obviamente, como eu disse eu tenho a vantagem de ter horários bastante flexíveis, o que me permite escolher horários mais apropriados. Também tenho a sorte de ter um ônibus que passa na porta da minha casa e me deixa literalmente na porta do meu trabalho. E também é importante ressaltar que estamos numa época mais seca e que portanto, até agora, não tive que enfrentar grandes temporais.

E é sempre bom reconhecer que muitas vezes, de manhã, eu tenho que esperar dois ou três ônibus, até ter um com lotação decente. Mas isto não é grave, porque tenho duas linhas que me levam pra região do meu trabalho, e o tempo de espera nunca passa de 20 minutos.

Anúncios

Retrato

Noto que cada vez mais amigos meus usam retratos que eu tirei deles em seus MSNs, Google Talks e Skypes. Acho que isto é um bom sinal…

E definitivamente, retrato é a minha praia na fotografia.